IBVG realiza I Seminário de Louvor

IMG_20180324_190403801.jpg

“Cantem-lhe uma nova canção; toquem com habilidade ao aclamá-lo” (Salmos 33:3, NVI)

Desejosos de aperfeiçoar o Louvor que nosso Senhor merece, por quem Ele é e pelo o que fez por nós na Cruz, os membros do Ministério de Louvor da IBVG se reuniram para realizar o I Seminário de Louvor da IBVG.

Ministraram as palestras as irmãs Jéssica e Fabiana, e o irmão Kaitson. Em 2017 eles participaram no Seminário de Louvor da Vineyard em Piratininga – SP, e sentiram a necessidade de compartilhar o aprendizado com a igreja local.

Para nos auxiliar nesta tarefa, recebemos na ocasião o Ministério de Louvor P.A. – Pecadores Anônimos, que proporcionaram momentos de adoração junto com aqueles que durante o ano inteiro servem a igreja; foi a oportunidade do ministério local poder ser conduzido por outros adoradores.

O evento foi dirigido pelo também líder de louvor da IBVG, o irmão Josué e começamos com uma dinâmica de grupo realizada pela nossa também líder de louvor, irmã Daniela, que nos ajudou a nos conhecermos ainda melhor como equipe!

Começando as ministrações, a irmã Jéssica, relatora dos líderes de louvor da nossa igreja, destacou o que foi dito no Seminário do Vineyard, acerca da essência do louvor no culto:

A música transpira a nossa teologia e princípios

Enfatizou que o centro do louvor deve ser Cristo, que a adoração não é sobre nós, sobre “minha roupa ou meu arranjo musical”, e, citando Colossenses 1.15-20, pontuou: “é para Ele e não a nós, dentro de nós ele Ele deve ser o centro – lembre-se de Jesus e Sua presença”.

O irmão Kaitson, um dos bateristas da igreja, tratou sobre práticas de banda, destacando em especial que não pode haver egoísmo entre os que tocam os instrumentos no louvor, e que devemos, antes, demonstrar o amor um ao outro na banda. Não é competição, mas serviço a Deus:

A preocupação não é com o som, mas com a Mensagem que estamos levando

Trabalhando a parte vocal, a irmã Fabiana, que canta no louvor, explicou a necessidade de que as letras cantadas sejam biblicamente corretas. Além disso, é preciso haver uma sinergia entre as vozes e o instrumento, e, que para tanto, é indispensável preparo e dedicação. A maior preocupação, contudo, deve ser:

Não depender da nossa voz, mas confiar em Jesus

O encerramento das ministrações foi realizado com uma mensagem bíblica pregada pelo Pr. Leandro, pastor da igreja local, que abordou Filipenses 2.5-11, compartilhando o que em Teologia é conhecido como o “Esvaziamento de Cristo”, ponderando que Jesus se humilhou para vir a esta terra afim de realizar a obra que o Pai planejou e que tanto precisávamos para a salvação eterna – que Ele a concluiu majestosamente – e, então, foi exaltado. O Deus Triúno, a obra de salvação – e todo o seu processo – devem ser reconhecidos com eterna gratidão pelas igrejas de Jesus espalhadas na face da terra, lembrando que os Cultos que celebramos são para glorificar a Deus por quem Ele É e pelo o que fez no Calvário – jamais podemos perder isto de vista, transformando o culto num serviço aos interesses humanos.

Durante o Seminário, tivemos sorteios de vários brindes e ao final a entrega do Certificado de Participação. Depois participamos de um momento de comunhão com o delicioso lanche preparado pela nossa também líder de Louvor, irmã Ionaide, com a ajuda das Diaconisas da nossa igreja, a quem agradecemos o carinho.

A abaixo registramos várias momentos que marcaram esta ocasião tão especial!

 

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s