Pastoral – Os enganos do mundo

desespero1

“…Por isso saí para encontrá-lo; vim à sua procura e o encontrei! Estendi sobre o meu leito cobertas de linho fino do Egito. Perfumei a minha cama com mirra, aloés e canela. Venha, vamos embriagar-nos de carícias até o amanhecer; gozemos as delícias do amor!” (PV 7.15-18).

A passagem narra uma mulher adúltera que se produz sensualmente para um jovem e o tenta com palavras provocantes (v.21). O problema é que ela era casada e, o rapaz, possivelmente solteiro, e, se for assim, temos duas transgressões aos padrões morais de Deus. Mas a aparência não é essa: o cenário indica uma noite ideal para o mundo; a impressão é que “o cara se deu bem”. Contudo, a Bíblia, na Sua Beleza e Perfeição, nos revela a realidade espiritual, que não era nada boa(!): “Imediatamente ele a seguiu como o boi levado ao matadouro, ou como o cervo que vai cair no laço, até que uma flecha lhe atravesse o fígado, ou como o pássaro que salta para dentro do alçapão, sem saber que isso lhe custará a vida… A casa dela é um caminho que desce para a sepultura, para as moradas da morte” (v. 22-23,27). O caminho indicado pela Palavra, então é: “Então, meu filho, ouça-me; dê atenção às minhas palavras” (v.24).

Jovem, ouça a sabedoria que vem do alto, persevere no que a Palavra diz, mude sua mente, e seja feliz (Rm 12.2)!

Deus abençoe o mês da nossa juventude!

Pr. Leandro Hüttl

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s